Cadastre-se aqui para
receber nossas notícias:
 
 
 
Goooooooool - Um excelente negócio para quem estiver preparado!

Esse grito é a manifestação final, a expansão de uma imensa pressão que é alimentada muitos dias antes do jogo e se avoluma, intensamente, nos instantes em que se desencadeiam os movimentos que antecedem a presença do objeto esférico – bola – após a linha final da arena, no espaço delimitado pela rede suspensa por uma estrutura metálica. É a exteriorização de uma poderosa energia residente no âmago do ser. Traz em seu bojo e lança para o éter todas as alegrias e tristezas acumuladas num período de vida. Quanto mais gols uma pessoa grita, mais feliz é, o que a leva ao estado emocional conhecido pela Análise Transacional, como criança livre, em que a criatividade aflora. - Se durante esse período criativo for dado, ao alegre, tema produtivo, será possível que tenhamos avanços técnicos e sociais.

Gritos com essa natureza, também são dados: pela braçada final, na piscina: pela enterrada na cesta; no movimento final da ginástica etc.

Essa energia é tão poderosa que movimenta gigantesca parcela da economia mundial, e milhões de pessoas tiram dela seu sustento e seu desenvolvimento intelectual, extensivo aos seus dependentes. – Volumes imensos de recursos direcionados para investimento nos atores, técnicos, teatros esportivos, promoções, produtos diversos e telecomunicações. Este último setor é o grande responsável pelo engrandecimento e desenvolvimento do interesse populacional em querer expandir essa energia e externar suas paixões num imenso grito de GOOOOOL.

O setor de telecomunicações será responsável em atender a ansiedade e necessidade que as pessoas estão de gritar GOOOL, nos próximos meses e anos, por todo o mundo. Essa necessidade é tão grande que as pessoas consomem incontáveis produtos e serviços com temas associados, e a ansiedade é enorme que tal consumo se inicia muito tempo antes de cada partida esportiva; e, mais uma vez, o setor de telecomunicações é o grande agente promotor desse intenso comércio, e vende melhor o espaço promocional ao agente que dá mais garantia aos anunciantes globais e locais de que suas marcas terão seu espaço sem interrupção com alta qualidade de transmissão, podendo, assim, serem ouvidas e vistas limpas, brilhantes e com clareza; e, para isso, são necessários equipamentos de altíssima complexidade e tecnologia, capazes de enviar sinal, em tempo real, para todos os continentes. De simples microfones a satélites, tudo tem que estar funcionando perfeitamente. Porém, o risco de uma interrupção indesejada é sempre latente, e sua ocorrência mancha a promessa de transmissão ininterrupta. Para o torcedor, se isso ocorrer no instante da eminência do GOOL, “isso é a morte”, ele abominará a emissora e mudará de estação ou canal; para o anunciante, que quer sua marca associada ao momento é visão de prejuízo, pois sabe ele que naqueles momentos todos os olhos e ouvidos não perdem um único som e/ou nenhum detalhe da tela, e associam atribuem credibilidade as marcas que proporcionaram aquela imagem ou narração de prazer. Mas uma rajada de ventos ou outro fenômeno que desalinhe uma antena pode acabar com a alegria, e a restauração, que deve ser o mais breve possível, depende, então, mais da sensibilidade pessoal do operador do que da tecnologia, isso porque devido aos altos custos, as empresas de telecomunicações não possuem ANALISADORES DE ESPECTRO dedicados, continuamente, aos sistemas irradiantes; será que a perda da imagem não compensaria os investimentos?

As pessoas são diferentes, e suas sensibilidades também, então deixar o alinhamento de sinal a mercê das variáveis pessoais pode não ser a melhor escolha.

Agora, para a pergunta anterior a resposta será sempre SIM, pois já existe um analisador de espectro veloz, eficiente, simples de operar e muito barato, para ser integrado aos “rack’s” de cada sistema irradiante, e monitorar o sinal continuamente, alertando aos operadores as variações dos que prenunciam a possibilidade de um desalinhamento e perda de sinal. É aplicável também às unidades moveis, tão úteis e indispensáveis, como complemento de cobertura jornalística nos eventos de mega magnitude que se avizinham.

QUANTO VALE UM SINAL PERDIDO?

Não precisa se preocupar em buscar essa resposta, mas sim em ligar para ZELL Ambiental e solicitar uma demonstração e teste do novo NRA, o analisador de espectro que mostrará a diferença entre as empresas de telecomunicações que realmente querem ESTAR PREPARADOS para realizar os clientes ativos dos dois lados do negócio: os anunciantes e os espectadores, em todas as regiões do planeta.

 

 

 

Leia Mais sobre Radiação Não-Ionizante:

Fornos de Micro-ondas mais Seguros



 
     
 
 

 

     
 
 
 
 
     
         
EMPRESA SOLUÇÕES ÁREA TÉCNICA MIDIA CONTATO
A Zell Ambiental Análise de Gases (CEM's) Suporte Técnico Zell News Fale Conosco
Nossa História Análise de Metais em Água Serviços Feiras e Eventos SAZ (Serviço de Atendimento Zell)
Código de Conduta Análise de Oxigênio Treinamentos Na Mídia Trabalhe Conosco
Missão, visão, e valores Detecção de Gases Dicas
Nossas Pessoas Medição de Particulados Cases
Prêmios e Certificações Qualidade de Água
Responsabilidade Social Radiação não Ionizante
Catálogos
 
 
Av. Senador Casemiro da Rocha, 609 - cjs 54/55/56 - 04047-001 - São Paulo – SP
Tel: (11) 2187-9355 Fax (11) 2187-9360.