Cadastre-se aqui para
receber nossas notícias:
 
 
 
CEMS - Sistemas de Monitoramento de Emissões Contínuo
Por Adriano Fioravante
Divisão de Meio Ambiente Zell Ambiental

Na edição anterior, abordamos a importância de um monitoramento de emissões de forma contínua à atmosfera e a constatação de buscarmos essas ações através de instrumentos, que já estão bem difundidos e assegurados nas diversas fábricas do Brasil e do Mundo.

Nesta edição falaremos dos aspectos que geralmente não são muito abordados, mas não menos importantes para a utilização dos analisadores e outros instrumentos nos processos industriais.

Sempre que avaliamos a produção de algo, devemos considerar, em cada processo, a forma que as matérias-primas estão inseridas para a realização dos respectivos produtos e/ou serviços finais.

Desde a revolução industrial, todo o processo tem que ser eficaz e eficiente, e de uns tempos pra cá tem que ser também sustentável, ou seja, máxima produção, mínima perda (dinheiro) e mínimo impacto ambiental e humano. E foi com esse conceito que começou a automatizar as linhas de produções desde as matérias primas até os produtos acabados.

Com o advento das automatizações nas linhas de produções e dos grandes parques industriais, é que se fizeram, fazem e farão imprescindíveis o uso de inúmeros periféricos como atuadores, sensores, controladores, e etc., para o gerenciamento e análise de qualquer processo de fabricação.

Os processos de fabricação necessitam de sensores específicos para análises do rendimento da produção e suas respectivas emissões quando ocorridas.

Tratando-se especificamente das EMISSÕES: As empresas devem obedecer, o órgão federativo e licenciadores locais de cada país e região. No Brasil, ainda não temos como nos Estados Unidos uma legislação detalhada que estabelece inclusive os critérios de certificação e aceitação dos sistemas. Esses critérios são detalhados no 40CFR60, um código norte americano de regulamentação federal, que teve origem em estudos da E.P.A. (Environmental Protection Agency – Agência de Proteção Ambiental, federal, Norte-americana).

No Brasil tem ocorrido especificações de CEMS baseadas em traduções parciais do 40CFR60. O fato é que o 40CFR60 é muito extenso e os termos são muito técnicos que dificultam bastante as traduções/interpretações.

Vários fornecedores de CEMS têm se comprometido com entregas de sistemas sem estarem preparados para cumprir os testes de aceitação determinados pelo 40CFR60, que exige inclusive comprovação da linearidade dos instrumentos.

Enquanto no Brasil não se estabelece uma regulamentação detalhada própria (o que seria ideal), seguimos como prerrogativa para o monitoramento contínuo das emissões de gases e particulados o CONAMA.

Recomendamos cautela, e muito diálogo para tornar claro o que se quer o que está sendo oferecido e o que será entregue.

A Zell Ambiental está engajada para a concretização desta regulamentação detalhada aqui no Brasil. Entre em contato conosco para mais informações.

 

 

Leia Mais
Análise de Gases também é Educação Ambiental


 
     
 
 

 

     
 
 
 
 
     
         
EMPRESA SOLUÇÕES ÁREA TÉCNICA MIDIA CONTATO
A Zell Ambiental Análise de Gases (CEM's) Suporte Técnico Zell News Fale Conosco
Nossa História Análise de Metais em Água Serviços Feiras e Eventos SAZ (Serviço de Atendimento Zell)
Código de Conduta Análise de Oxigênio Treinamentos Na Mídia Trabalhe Conosco
Missão, visão, e valores Detecção de Gases Dicas
Nossas Pessoas Medição de Particulados Cases
Prêmios e Certificações Qualidade de Água
Responsabilidade Social Radiação não Ionizante
Catálogos
 
 
Av. Senador Casemiro da Rocha, 609 - cjs 54/55/56 - 04047-001 - São Paulo – SP
Tel: (11) 2187-9355 Fax (11) 2187-9360.